02, Novembro 2016

PEDRO MAGANO É O REALIZADOR DO MÊS NO FEST

Numa retrospetiva da edição anterior e já preparando a 13ª edição, o FEST vai destacar nos próximos 10 meses, 10 novos realizadores aos quais devemos estar atentos ao seu trabalho.

Pedro Magano é o realizador em destaque do mês de Setembro, ele que venceu o Lince de Ouro de Melhor Longa-metragem documental com o documentário “Irmãos”, rodado nos Açores e que versa sobre uma tradição secular que é muito mais do que a fé de um punhado de homens.

O FEST destaca a forma “brilhante” como o realizador explorou as personagens muito genuínas e a paisagem lindíssima dos Açores, ela que é também uma personagem no filme, uma personagem “intocável”, quase como se fosse pintada por Deus. 

O filme destaca-se também pela sua estética visual, misturando técnicas diferentes, com planos aéreos da paisagem e slow motion da viagem, que tenta trazer o público para esta dimensão da jornada interior das personagens. 
 
Depois deste reconhecimento do filme “Irmãos”, Pedro Magano está a finalizar o seu segundo documentário, com estreia já no mês de Novembro. “A um mar de distância” é um filme sobre a memória dos pescadores de bacalhau portugueses que ficaram sepultados em terras longínquas e por lá foram esquecidos. 

O artigo completo sobre o realizador pode ser visto aqui: http://site.fest.pt/en/leuklog/filmmaker-of-the-month-pedro-magano/